treinamento funcional

O que é treinamento funcional?

Você já ouviu falar sobre o que é o treinamento funcional? Ele é denominado como uma classificação de exercícios, que envolvem o treinamento do corpo, para as atividades que são realizadas na vida diária, tentando adaptar ou desenvolver esses exercícios, que podem permitir as pessoas realizarem as suas atividades cotidianas com mais facilidade e sem lesões.

Para entender tudo o que dissemos acima, seria válido afirmar que, o treinamento funcional se baseia nos movimentos que são naturais dos indivíduos, como correr, pular, agachar, puxar e assim por diante. O exercício funcional vem para somar as outras modalidades da academia, para preencher uma lacuna, que possibilite um desenvolvimento corporal, que é muito mais completo.

O trabalho com os músculos

A característica principal do treino funcional é a de ser semelhante ao trabalho e ás situações cotidianas, direcionado a alguma modalidade. As situações cotidianas requerem também o emprego de movimentos e de gestos motores, que exigem o trabalho de muitos grupos musculares ao mesmo tempo. A proposta dos exercícios funcionais é a de promover ações musculares.

Essas ações musculares são em conjunto ou simultâneas, proporcionando um trabalho de corpo que é muito mais globalizado e completo, tirando o praticante dos movimentos mecânicos e dos eixos definidos ou isolados que são bem comuns na musculação. Sua base é em circuitos, que mudam de acordo com as aulas, para a pessoa pensar no movimento feito e não o executar mecanicamente.

Os componentes de um programa de exercícios funcionais

Para uma boa eficácia, um programa de exercícios funcionais, deve incluir muitos elementos que são adaptados às necessidades ou aos objetivos de uma pessoa, além de serem usados objetos comuns de uma academia, como elásticos, cordas, bolas, cones, discos e hastes ou pode ser também com base em tarefas que são funcionais direcionadas as atividades que são da sua vida cotidiana.

Esse programa pode ser individualizado e específico ao estado de saúde de uma pessoa, incluindo presença ou histórico de lesões e integrado com uma variedade de exercícios que trabalhem a flexibilidade, o equilíbrio, a força, a potência e o foco em muitos movimentos. Pode ser um treinamento progressivo aumentando constantemente a dificuldade em uma tarefa.

O programa pode ser periodizado com a prática distribuída e com variação das tarefas. Pode ser repetido frequentemente. No programa podem ser utilizados objetos que são da vida real, executado em ambientes que são específicos ao contexto e sempre com uma opinião que deve ser incorporado após a realização de um treino funcional.

Portanto, lembre-se que, para a realização de qualquer exercício, será necessário que antes passe por uma avaliação que seja física, para que possam ser reveladas todas as condições que são individuais para uma prática a ser escolhida. O treinamento funcional é uma modalidade considerada relativamente nova de atividade física, que difere das demais, por incluir movimentos que são naturais.

O praticante deve buscar uma avaliação médica que seja prévia. O treinamento funcional não possui limite de idade ou de condicionamento, sendo que, qualquer pessoa pode se iniciar nessa modalidade, desde que, esteja em plenas condições que são físicas, para se ter resultados que são extraordinários para toda a sua vida.

Leia mais no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *